Notícias
17/08/2012 11h51 - Atualizado em 17/08/2012 11h51
Seplan lança site oficial com divulgação do IPC e Cesta Básica Regional de julho
Da Redação - Agência Amapá
A-A+ Tamanho da Letra

A Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Tesouro (Seplan) marca um tempo novo em sua comunicação institucional, lançando nesta segunda-feira, 20, o novo site oficial do órgão. Paralelamente ao evento, serão divulgados à imprensa os números do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) e da Cesta Básica Regional, considerada uma novidade desenvolvida pela Seplan, a qual retoma a publicação do índice, contribuindo para o planejamento público, privado e sociedade em geral.

A solenidade contará com a presença do governador do Amapá, Camilo Capiberibe, e demais autoridades estaduais, marcada para acontecer às 9h, no auditório da Seplan, localizada na avenida FAB, ao lado do Centro de Convenções João Azevedo Picanço, no Centro, no Centro.

Seplan na WEB

O site da Seplan é uma ferramenta desenvolvida para veicular informações pertinentes à administração do órgão, apresentando dados e análises consolidadas no âmbito social e econômico, as quais contribuem, ainda, para balizar o Executivo estadual na elaboração de projetos e programas de governo.

Com uma interface simplificada, o sítio será abastecido diariamente com notícias sobre as atividades desenvolvidas pela Seplan, levando aos usuários não apenas informações internas, mas também veiculará assuntos sobre a administração geral do Governo do Amapá relacionados à pasta do Planejamento, do Orçamento e do Tesouro Estadual. Sobretudo, torna-se um dispositivo eficaz para pautar a imprensa local, disponibilizando aos veículos de comunicação matérias, notas, releases e galerias de fotos.

O site é também uma ferramenta que irá de oferece total transparência à administração pública estadual. Contendo um vasto menu de opções, facilitará o acesso e a pesquisa do usuário, o qual encontrará links com informações sobre os gastos e os investimentos do dinheiro público feitos pelo GEA, bem como dados da Lei Orçamentária Anual (LOA), Plano Plurianual Participativo (PPA), análises de conjunturas socioeconômicas, Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), entre outras.

No ambiente virtual, o internauta poderá acompanhar ainda informações atualizadas sobre a lista de precatórios, os investimentos feitos pelo GEA em parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), repasses de contrapartida, convênios em execução, etc.

Retomada dos estudos do IPC e da Cesta Básica Regional

Paralelamente ao lançamento do site, a Seplan divulgará os números do Índice de Preços ao Consumido (IPC) de Macapá e da Cesta Básica Regional, referentes ao mês de julho. O anúncio dos números da inflação na capital é feito após a retomada desses estudos, que há anos não eram divulgados pelo governo do Estado.

Realizados pela equipe da Coordenadoria de Pesquisa e Estratégia Socioeconômicas e Fiscais (Copesef), vinculada à Seplan, os índices são coletados pelos pesquisadores ao longo do mês de análise. O IPC tem com objetivo mensurar, através da média aritmética, as variações de preços médios que compõem a cesta básica de consumo dos bens e serviços dos macapaenses.

A análise do IPC da cidade de Macapá considera dois intervalos de rendimentos que vai de 1 a 6 salários mínimos e de 1 a 40 salários mínimos. Essa variação leva em conta a base de consumo estabelecida pela Pesquisa de Orçamento Familiar (POF), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e equivale aos índices IPC e do índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPC-A), calculados mensalmente pelo IBGE.

Cesta Básica Regional

A Seplan, por meio da Copesef, divulgará os números da Cesta Básica Regional Recomendada do mês de julho, marcando um novo tempo do Governo do Estado do Amapá, ao retomar a publicação desse estudo, com importância para o planejamento público, privado e para a sociedade civil.

A Cesta Básica Regionalizada se diferencia da Cesta Básica Oficial, porque é definida a partir de informações dos hábitos de consumo de uma família padrão, com rendimento mensal de seis salários mínimos líquidos, e é composta por produtos como a farinha de mandioca, jerimum, banana prata, limão, açaí, macaxeira, camarão salgado, entre outros. Os itens são especificados com valor, quantidade e o impacto deles – para mais ou para menos –, que cada um exerce sobre o valor total do rendimento familiar.

A Cesta Básica Regional tem importância para a economia macapaense, uma vez que apresenta produtos regionais que fazem parte da cesta alimentar das famílias locais. O resultado do trabalho – como ferramenta legal de interesse público – será agora divulgado mensalmente e mostrará a variação de preços de produtos básicos alimentares, higiene pessoal, limpeza e manutenção doméstica.

Júnior Nery/Seplan

Cadastre-se para receber o Boletim Eletrônico
Nome
E-mail
Assessorias
Secretaria de Estado da Comunicação