Notícias
16/08/2012 14h12 - Atualizado em 16/08/2012 14h12
Governo do Amapá assina termo de cooperação técnica com a Agência de Fomento da Bahia
Da Redação - Agência Amapá
A-A+ Tamanho da Letra
Ampliar imagem
GEA assina termo de cooperação técnica com a Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia)
Ampliar imagem
Governador Camilo disse estar feliz em firmar parceria com a Desenbahia, o que fortalecerá a Afap como geradora de emprego e renda para a população
Ampliar imagem
Ampliar imagem
Ampliar imagem
GEA assina termo de cooperação técnica com a Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia)

O governador do Amapá, Camilo Capiberibe, assinou na manhã desta quinta-feira, 16, no Palácio do Setentrião, um Termo de Cooperação Técnica entre a Agência de Fomento do Amapá (Afap) e a Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia). A parceria será celebrada entre o presidente da Afap, Sávio Peres, e o diretor-administrativo da Desenbahia, Marco Aurélio Félix Cohim Silva. A ação promoverá a colaboração mútua entre as instituições na inclusão produtiva e social, além da democratização do crédito.

De acordo com Sávio Peres, a parceria com a Desenbahia é realizada no momento em que a Afap finaliza seu processo de reestruturação, com a contratação de funcionários para o quadro fixo, recuperação da credibilidade junto ao Banco Central e na manutenção de seu crescimento institucional e de patrimônio de forma continuada.

"Para promover ações positivas do Banco do Povo e aprimorar o atendimento à população amapaense buscamos parcerias estratégicas. Esse intercâmbio de experiências melhorará o desenvolvimento da Afap e garantirá a eficiência do nosso trabalho. Agradecemos o apoio do governador Camilo Capiberibe e a Desenbahia, que é uma das mais prósperas agências de fomento do Brasil, por celebrar essa cooperação conosco", salientou.

Conforme o diretor-administrativo da Agência baiana, a Desenbahia ofertará todo o seu arcabouço de experiências em fomentar iniciativas como financiamentos e linhas de créditos para a Afap. Marco Aurélio garantiu que todo esse processo irá expandir e melhorar as ações do órgão amapaense no Estado.

"Fomos procurados pela Afap e aceitamos celebrar essa parceria para dar suporte tecnológico e operacional à Agência amapaense", garantiu.

Falta de continuidade, resgate e investimento

Sávio Peres também esclareceu que o crescimento da Agência de Fomento do Amapá não teve continuidade na gestão passada, mas que, pelo empenho do governador Camilo Capiberibe, conseguiu resgatar sua missão institucional.

O governador enfatizou que a Afap quase foi liquidada, por conta do descompromisso da gestão anterior com o Banco do Povo. Ressaltou também que a Agência foi reestruturada e cumpre sua missão para a melhoria da população amapaense.

Camilo Capiberibe destacou ainda que, em um ano e oito meses de sua gestão, investiu R$ 6,3 milhões na Afap e que esse aporte financeiro possibilitou o financiamento de veículos, casas e linhas de crédito para os negócios em diversas áreas de atuação, para a melhoria da vida da população.

"Recuperamos e reestruturamos nossa Agência de Fomento. A Afap promove o desenvolvimento econômico do Estado, reduz a dificuldade do cidadão que não consegue acessar crédito em bancos comuns e dá oportunidade para a geração de emprego e renda no Amapá. Para isso, já fizemos um aporte de R$ 6,3 milhões, dando chance ao amapaense de abrir o próprio negócio", afirmou o governador.

"Estou feliz em firmar parceria com a Desenbahia. Acredito que essa troca de experiências fortalecerá a Afap como instrumento da geração de emprego e renda para a população. O cidadão merece qualidade e eficácia no atendimento e é por isso que estamos trabalhando", finalizou o governador.

Efetivação de concursados

Durante a solenidade, foram apresentados quatro novos funcionários aprovados no concurso público para o quadro efetivo da Afap. Entre os profissionais estão um analista de fomento para contadoria, um analista de fomento para administração e dois técnicos de fomento administrativo.

O governador frisou que a efetivação faz parte da política estadual de reestruturação e fortalecimento dos órgãos públicos para melhor servir a população.

Elton Tavares/Secom

Cadastre-se para receber o Boletim Eletrônico
Nome
E-mail
Assessorias
Secretaria de Estado da Comunicação