Notícias
10/08/2012 10h25 - Atualizado em 10/08/2012 10h25
Saúde do Trabalhador: Cerest Regional promove ação de saúde para taxistas
Da Redação - Agência Amapá
A-A+ Tamanho da Letra

O Centro de Referência em Saúde do Trabalhador Regional (Cerest), localizado em Santana, vai realizar no dia 31 uma grande ação de saúde voltada para os taxistas do município. O objetivo, segundo Elizangela Vulcão, gerente do Cerest Regional, é a prevenção e o combate ao diabetes e à hipertensão arterial.

"O fato de o taxista trabalhar durante muitas horas sentado, em uma situação de estresse, acaba afetando a sua saúde, por isso a nossa preocupação em focar na prevenção para combater doenças como a hipertensão e o diabetes", ressalta a técnica.

Elizangela explica que o Cerest Regional é um local de atendimento especializado em Saúde do Trabalhador. Além de atender diretamente o trabalhador, serve como fonte geradora de conhecimento, ou seja, tem condição de indicar se as doenças ou os sintomas das pessoas atendidas estão relacionados com as atividades que elas exercem, na região onde se encontram. Esses dados podem ser de extrema valia para as negociações feitas pelos sindicatos e também para a formulação de políticas públicas.

"As ações que realizamos, direcionadas para uma classe específica, nos ajudam a identificar onde o trabalhador está precisando de nosso auxílio, assim podemos agir com maior segurança", diz.

As ações do Cerest estão ocorrendo com maior frequência, segundo Elizangela, por conta dos investimentos do governo dentro do PROAMAPÁ, que não se restringe somente às obras, mas também investe na valorização dos servidores e na melhoria dos serviços.

O Cerest presta assistência especializada aos trabalhadores acometidos por doenças, ou agravos relacionados ao trabalho; realiza promoção, proteção, recuperação da saúde dos trabalhadores; investiga as condições do ambiente de trabalho, utilizando dados epidemiológicos em conjunto com a Vigilância Sanitária.

O Centro atende o trabalhador encaminhado pela Rede Básica de Saúde, trabalhador formal dos setores privados e públicos, trabalhador autônomo, trabalhador informal, trabalhador desempregado acometido de doença relacionada ao trabalho realizado.

O atendimento é feito por uma equipe de profissionais qualificados e faz um diagnóstico do estado de saúde do usuário. Se for constatada a relação da doença com o trabalho, ele é atendido no ambulatório de saúde do trabalhador, caso contrário, é encaminhado a outros serviços da Rede SUS.

Araciara Macedo/Sesa

Cadastre-se para receber o Boletim Eletrônico
Nome
E-mail
Assessorias
Secretaria de Estado da Comunicação