Novembro Azul
Notícias
06/08/2012 19h38 - Atualizado em 06/08/2012 19h38
Governador Camilo Capiberibe visita Laboratório de Fitoterápicos e comprova avanço na obra
Da Redação - Agência Amapá
A-A+ Tamanho da Letra

O Laboratório de Produção de Fitoterápicos começa a funcionar ainda este mês, produzindo medicamentos naturais. O governador Camilo Capiberibe visitou o prédio na tarde desta segunda-feira, 6, e constatou os avanços que irão transferir novamente a produção para o Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Amapá (Iepa). A obra iniciou em dezembro de 2011 e custou aos cofres públicos aproximadamente R$ 800 mil.

Laboratório de Produção de Fitoterápicos começa a funcionar ainda este mês, produzindo medicamentos naturais. Confira outras fotos: clique aqui.Os produtos são produzidos em Macapá e comercializados na Farmácia do Iepa. São vendidos 54 produtos, destes, 48 são fitoterápicos e seis cosméticos. Os cosméticos continuam a ser produzidos na Incubadora do Iepa, em Fazendinha, para onde foram transferidos a produção de fitoterápicos.

O diretor-presidente do Instituto, Augusto Oliveira, explica que a reforma e adaptações foram necessárias devido o estado deplorável e de abandono em que se encontrava, quando os serviços deixaram de ser prestados com eficácia.

Os produtos fitoterápicos têm como matéria-prima plantas da Amazônia e produtos químicos. As plantas são fornecidas por produtores locais, cadastrados no Iepa após aprovação do parabotânico, que atesta a origem e qualidade. Dez produtores fornecem as plantas medicinais. Os produtos químicos e as embalagens vêm de outros estados porque o Amapá ainda não fornece.

Gengibre, amor-crescido, sucuuba, pata-de-vaca, jucá, sacaca, verônica, marapuama, boldo, barbatimão, pariri, entre outros, são utilizados para a confecção dos medicamentos naturais, reconhecidos por seus resultados.

Situação do prédio antes da reforma Em 2013 deve entrar na relação de cosméticos o sabonete líquido, que está em fase de teste. Depois que a Farmácia começou a funcionar nos dois turnos, o número de consumidores aumentou. Hoje, cerca de 100 pessoas procuram a Farmácia em busca de medicamentos naturais.

"Pelo avanço que vejo, ainda em agosto, com certeza vamos estar inaugurando este prédio e produzindo medicamentos fitoterápicos que auxiliam no tratamento da saúde de forma natural. O Iepa volta a ser modelo em produção de remédios vindos diretos da natureza", disse o governador.

Mariléia Maciel/Secom

Cadastre-se para receber o Boletim Eletrônico
Nome
E-mail
Assessorias
Secretaria de Estado da Comunicação