Novembro Azul
Notícias
26/07/2012 13h00 - Atualizado em 26/07/2012 13h00
“Ouvidoria Itinerante” leva atendimento a Laranjal e Vitória do Jari
Da Redação - Agência Amapá
A-A+ Tamanho da Letra

Informar a população acerca do direito e acesso para o registro de ocorrências contra policiais que tenham apresentado má conduta é a função do projeto "Ouvidoria Itinerante", promovido pela Ouvidoria da Defesa Social do Amapá nos municípios do Estado.

Com um cronograma de visitas para 2012, o projeto leva atendimentos neste final de semana às regiões de Laranjal e Vitória do Jari. Junto com o Centro de Referência e Atendimento à Mulher (Cram) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), a equipe da Ouvidoria parte nesta sexta-feira, 27, rumo a Laranjal, onde haverá uma ação integrada de serviços à comunidade. Na sequência, visita Vitória do Jari, levando as orientações pertinentes à atuação do setor.

As ações acontecerão durante todo o dia nas escolas Irandir Pontes (Laranjal do Jari) e Munguba do Jari (Vitória do Jari). De 27 a 30 de julho, ouvidores da Defesa Social do Estado vão falar sobre a importância da denúncia diante do mau comportamento de um policial, lembrando o direito que o denunciante tem à preservação da sua identidade.

"Oferecemos vários caminhos para que o denunciante chegue até nós. Ele pode fazer a sua reclamação via email (ouvidoria@sejusp.ap.gov.br), via telefone (3225-8566), envio de carta e, em breve, diretamente em nosso blog, sem precisar identificar-se", discriminou Wanda Assis, ouvidora da Defesa Social do Amapá, lembrando que consta no planejamento da Ouvidoria, para o segundo semestre deste ano, o lançamento do blog do órgão, direcionado a toda a sociedade.

A Ouvidoria Itinerante visitará todos os municípios do Estado, levando atendimento e informação à população. Segundo Wanda Assis, é no interior que ocorre o maior número de queixas a policiais.

"Pela dificuldade de acesso, o interior soma o maior número de ocorrências contra policiais. Mas, mesmo assim, os índices são baixos. Nossos policiais são muito bem formados e atuam com boas condutas", rematou a ouvidora.

Denise Muniz/Sejusp

Cadastre-se para receber o Boletim Eletrônico
Nome
E-mail
Assessorias
Secretaria de Estado da Comunicação