Novembro Azul
Notícias
15/06/2012 10h09 - Atualizado em 15/06/2012 10h09
Cidade Junina é aprovada por quadrilheiros e encanta o público no Arraiá da Beira-Rio
Da Redação - Agência Amapá
A-A+ Tamanho da Letra

Estrutura tão almejada pelos quadrilheiros agora é uma realidade construída às margens do rio Amazonas, em frente à Fortaleza São José de Macapá. Veja mais imagens aqui.O público compareceu em massa à abertura do "Arraiá da Beira-Rio, o Nosso Forró é na Esquina do Rio Amazonas", nesta quinta-feira, 14. A estrutura tão almejada pelos quadrilheiros, agora realidade erguida às margens do rio Amazonas, em frente à Fortaleza São José de Macapá, foi aprovada, principalmente por sua localização estratégica, acessível a todos.

A noite foi de festa. Com um enredo nordestino, cantado e contado por crianças vestidas de índio e boiadeiros, o "Boi Rei do Bairro" abriu as apresentações. Enquanto eles se apresentavam na arena principal, a "Trupe do Pato", formada por cinco  palhaços mímicos, interagia com a plateia, arrancando-lhe gargalhadas.

Mas o momento mais esperado foi o das apresentações especiais das quadrilhas juninas campeãs do ano passado. Piranhas dos Matutos, campeã das tradicionais; Pequena Dama, vice-campeã das estilizadas; e Simpatia da Juventude, campeã de 2011, aguçaram o gostinho do que tem por vir, pelos próximos 15 dias, de disputa pelo título de melhor grupo.

Envolta no clima de São João, a emoção tomou conta dos quadrilheiros. Chamados pelos apresentadores para irem ao centro da arena, eles foram homenageados pela equipe do governo do Estado - Secretaria de Cultura e Comissão de Eventos, pela importância na manutenção desse movimento que engrandece a cultura amapaense.

"A quadra junina é feita pelos quadrilheiros. Não existe essa tradição sem vocês, por isso reconhecemos e agradecemos o trabalho de vocês, que a cada ano se apresenta mais organizado e muito mais bonito", disse o secretário de Cultura, Zé Miguel, que, representando o governador Camilo Capiberibe, declarou a abertura oficial do evento.

"Nós só temos a agradecer ao governo, pois essa estrutura é um sonho de todos nós quadrilheiros. Temos certeza de que esta será a melhor quadra junina de todas e nossa aposta não nos decepcionou, vocês estão aqui (público), a nossa quadra junina está lotada e está linda. Obrigado por terem vindo, nossa cultura é para vocês", agradeceu Rony Oliveira, presidente da Liga Independente dos Grupos e Associações Juninas do Amapá.

Impressões de quem esteve lá

Acompanhado da esposa, Luiz Carlos, 58 anos, prestigiou o lançamento até o final. "Faço questão de seguir todo movimento cultural e, sem dúvida, este ano a festa de São João do festival está muito melhor. A estrutura está muito bonita e tudo muito organizado", declarou.

Na arquibancada, totalmente lotada, Lilian Braga, moradora do bairro São Lázaro, mesmo em pé, não desanimou. "Acho que nos outros dias terei de vir mais cedo. Adorei tudo, tá tudo maravilhoso e o melhor é a localização, quando era no Sambódromo ficava muito difícil ir por conta do transporte, mas aqui no Centro passa tudo quanto é ônibus, dá para esticar mais um pouquinho".

Encostada na grade de proteção da arena principal, aos 83 anos de idade, dona Helenita Queiroga assistiu a tudo, mais um ano. Sim, porque ela, juntamente com o seu filho, Raimundo Queiroga, são figuras carimbadas da quadra junina. Em 2011, dona Helenita acompanhou, firme e forte, os 15 dias das eliminatórias, não faltou um dia sequer; e este ano, ela, que mora no Centro, já declarou agenda ocupada durante todas as noites dos festejos.

"Mais um ano de quadra junina e mais um ano estamos aqui. Tá muito bonito, bem organizado e dentro da minha casa. Estou ansiosa para ver todo o brilho, luxo e danças das quadrilhas. Tomara que não chova, né?".

É dona Helenita, que São Pedro ajude São João, para que tudo ocorra em perfeita ordem na Quadra Junina Amapaense. O brilho e alegria estão garantidos pelas quadrilhas. A brisa do Amazonas é presente garantido e, se depender do governo do Estado, juntamente com a Ligajap, esta sem dúvida será a melhor quadra junina de todos os tempos.

Fechando a programação da primeira noite do evento, Ramon Frazelly, com muito forró, cantou sucessos nacionais e autorais, levantando o público dos camarotes e das arquibancadas. A ordem era diversão!

Programação para esta sexta-feira, 15

A partir desta sexta-feira, 15, iniciam-se as eliminatórias. A programação está prevista para começar às 19h, com a participação do grupo teatral Eureca, que fará uma encenação em homenagem ao Centenário de Luiz Gonzaga. Após, entram na arena as primeiras quadrilhas.

Da chave A Tradicionais: Sensação Junina, Xodó Junino, Revelação Junina, Os Descendentes, Piriguetes dos Matutos.

3º Grupo, Estilizadas: Coração Vermelho e Branco, Constelação Junina, Tropicaliente, Guerreiros da Esperança, Coração Caipira e Rosa Portuguesa.

Rita Torrinha/Secult

Cadastre-se para receber o Boletim Eletrônico
Nome
E-mail
Assessorias
Secretaria de Estado da Comunicação