Notícias
14/05/2012 17h21 - Atualizado em 14/05/2012 17h21
Secult realiza Seminário do Plano Estadual de Cultura para os próximos dez anos
Da Redação - Agência Amapá
A-A+ Tamanho da Letra

Acontece nesta terça-feira, 15, no Centro de Convenções João Batista de Azevedo Picanço, a partir das 8h, o "Seminário Plano Estadual de Cultura", com participação de gestores e representantes de segmentos artístico-culturais locais. O evento vai tratar da elaboração do Plano de Cultura do Amapá que irá vigorar pelos próximos dez anos, obedecendo ao Plano Nacional de Cultura, do Ministério da Cultura (MinC).

O objetivo do Seminário é sensibilizar a sociedade para a importância do mesmo. Para desenvolver os planos estaduais, o MinC firmou convênio com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) para prestar assessoramento a 18 estados brasileiros, entre eles o Amapá.

No Amapá, a elaboração do Plano Estadual está em fase inicial. Para dar suporte aos estados, o MinC realizou, no mês de março, em Brasília, curso de capacitação direcionado aos seus articuladores. No Amapá, a equipe é integrada pelo articulador estadual, Raimundo Nonato de Oliveira Borges (Secult); o coordenador técnico, Paulo César Alfaia Neves; e o analista técnico, Clive Gavin Andrews. Esses últimos, contratados pela Universidade de Santa Catarina.

Ainda em Brasília, o secretário de Cultura, Zé Miguel, assinou o termo de responsabilidade, evidenciando o papel da Secult no desenrolar do Plano.

"Esse é um processo de suma importância para o Amapá e deve ter a participação de todos. É a construção de um plano de cultura, de políticas, que vão nortear nossa relação cultural durante dez anos, e isso significa também dar maiores condições para que o Estado capte recursos junto ao MinC e outras instituições de peso, além de assegurar políticas transversais e de Estado, de acordo com o Plano Nacional de Cultura (PNC).", pondera Zé Miguel.

Para garantir a legalidade, transparência e representatividade do Plano, será nomeada uma comissão multidisciplinar, que acompanhará todo o trabalho, até o encaminhamento à Assembleia Legislativa para votação e, posteriormente, à sanção governamental.

O Plano de Trabalho elaborado pela equipe articuladora já foi aprovado pela Coordenação Nacional do MinC. A primeira etapa está se operacionalizando com a realização do Seminário, que também tem como objetivo apresentar à sociedade a metodologia a ser utilizada e apresentar aos agentes culturais locais a equipe articuladora.

De acordo com o articulador Raimundo Borges, "o Seminário tem caráter pedagógico e obedecerá metodologia que permitirá a participação do poder público e da sociedade civil organizada".

Conforme as diretrizes instituídas pelo Plano de Trabalho, a comissão multidisciplinar fará parte da equipe responsável pela elaboração do Plano Estadual de Cultura e será constituída por representantes dos seguintes órgãos:

Conselho Estadual de Cultura (Consec), Assembleia Legislativa (AL) e Procuradoria Geral do Estado (Prog), Escola de Administração Pública (EAP), Universidade Federal do Amapá (Unifap), Universidade Estadual do Amapá (Ueap), Agência de Desenvolvimento do Amapá (Adapo), um representante dos Pontos de Cultura e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), respeitando dessa forma o princípio de participação da sociedade civil e a contribuição de todos os segmentos culturais.

Serviço

Evento: Seminário Plano Estadual de Cultura
Local: Centro de Convenções João Batista de Azevedo Picanço
Horário: das 8h às 12h e das 14h às 19h
Público-alvo: Sociedade civil organizada, gestores na área de Cultura, agentes, artistas, movimentadores da Cultura.

Programação

8h30
Credenciamento dos Participantes

9h
Atração Cultural
Pura Raíz (Grupo de Chorinho)

9h20
Abertura Oficial
Pronunciamento do secretário de Cultura do Estado, José Miguel de Souza Cyrillo
• Apresentação da Equipe Multidisciplinar responsável pela Elaboração do Plano Estadual de Cultura do Estado
• Cadastramento do Projeto Identidade Cultural Informatizado

9h30
Mesa Redonda
Tema: Os Planos de Cultura, a Cidadania Cultural e o Desenvolvimento Regional
Expositor
Profª Eloise Helena Livramento Dellagnelo - Coordenadora Executiva do Projeto de Apoio à Elaboração de Planos Estaduais de Cultura (Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC)

Debatedores

• Genário Dunas - Representante do Serviço Social do Comércio - Sesc/AP
• Otoniel Ramos Cruz - Representante do Conselho de Cultura - Consec
• Ângela de Carvalho - Gerência de Literatura/Secult
• Dorinha Raiol - Representante da região Norte do MinC

Mediador
• Fernando Pimentel Canto - Unifap
(Universidade Federal do Amapá)

10h30
Coffee Break

11h - Retorno ao Debate
(Participação da Plenária) - Através de perguntas escritas

11h30 - Considerações Finais dos Componentes da Mesa

14h - Apresentação Cultural
Intervenções Poéticas: Coletivo Amazourbanidade

14h20 - Mesa Redonda
Tema: Economia Criativa e Patrimônio Cultural & Valor Amazônico
Expositor
• Delson Cruz (Representante da região Norte - MinC)

Debatedores
• Profª Eloise, da Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
• Geni Frota - EAP
• Dorinha, Representante da região Norte do MinC (Ministério da Cultura)
• Ms Profª Decleuma Lobato - Representante Estadual da Comissão Folclórico Popular
• Heluana Quintas - Representante Coletivo Palafita

Mediador
• Marlus Carvalho - Representante da EAP (Escola Administração Pública do Amapá)

17h - Coffee Break

17h30 - Retorno ao Debate
(Participação da Plenária) - Através de perguntas escritas

18h - Considerações Finais dos Componentes da Mesa

18h30 - Encerramento - Apresentação Cultural
Rodada de Marabaixo (Grupo Raizes do Bolão - Comunidade do Curiaú)

Rita Torrinha/Secult

Cadastre-se para receber o Boletim Eletrônico
Nome
E-mail
Assessorias
Secretaria de Estado da Comunicação