Notícias
22/03/2012 16h11 - Atualizado em 22/03/2012 16h11
Sejusp apoia Conselho de Odontologia em campanha de prevenção a traumas faciais
Da Redação - Agência Amapá
A-A+ Tamanho da Letra

Órgãos integrados à Segurança Pública do Estado e o Conselho Regional de Odontologia do Amapá (CRO/AP) promovem no dia 1º de abril, campanha de prevenção a traumas faciais, ocasionados por acidentes de trânsito. Blitzen educativas, distribuição de panfletos e caminhadas serão desenvolvidas em Macapá e Santana, para sensibilizar a população acerca do problema.

Com o slogan "1º de abril: pode até parecer mentira! Mas trauma de face... é um trauma para vida toda!", a campanha tem a finalidade de reduzir o alto índice de pessoas acidentadas, especialmente no trânsito, que apresentam traumas na face.

Segundo o consultor do CRO/AP, Walter Reis, essa grande parcela de vítimas com traumas faciais custa caro para os cofres públicos, que garantem as cirurgias de reconstrução e correção da face.

"Além do trauma que essas pessoas sofrem, ainda tem os gastos públicos, que são muito altos, com essas cirurgias. Por isso, neste ano estamos chamando o poder público para dar mais corpo à nossa campanha, de forma que as pessoas se conscientizem acerca dos riscos, especialmente no trânsito", reforçou Reis, lembrando que a campanha já vem sendo realizada anualmente pelo CRO, mas, desta vez, tem a missão de abranger um público muito maior.

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Pedro Paulo Rezende, participou do encontro para discussão das estratégias da campanha, na manhã desta quinta-feira, 22. Ele comprometeu-se em disponibilizar os alunos da nova turma de soldados, cujas aulas iniciam no dia 29 de março, para ajudar na distribuição de material educativo relacionado ao tema.

O coordenador de Segurança Comunitária, Rubivar da Silva Nobre, também presente ao evento, garantiu o apoio de todos os conselhos de segurança comunitária na promoção da campanha.

De acordo com a programação, a campanha inicia no dia 1º de abril, com a realização de três blitzen (uma na zona Norte e duas na zona Sul da capital), caminhada pelo centro de Macapá e distribuição de material educativo.

Na sequência, serão promovidas blitzen semanais em Macapá e Santana, além de distribuição de panfletos nas duas cidades.

Um projeto de lei deve ser encaminhado ainda neste semestre à Assembleia Legislativa do Estado para criação do Dia Estadual de Combate ao Trauma Facial, a ser celebrado anualmente no dia 1º de abril. O projeto está em fase de conclusão.

Denise Muniz/Sejusp

Cadastre-se para receber o Boletim Eletrônico
Nome
E-mail
Assessorias
Secretaria de Estado da Comunicação