Novembro Azul
Notícias
29/11/2011 19h46 - Atualizado em 29/11/2011 19h46
Secretaria de Educação promove projeto indígena “Avaliar para Transformar”
Da Redação - Agência Amapá
A-A+ Tamanho da Letra

A Secretaria de Estado da Educação (Seed), por meio do Núcleo de Educação Indígena (NEI), promoveu no período de 25 a 28 deste mês, na Aldeia Wajãpi, no município de Pedra Branca do Amapari, o projeto "Avaliar para Transformar".

O projeto teve como objetivo diagnosticar a educação escolar indígena e detectar os pontos frágeis, com o propósito de fortalecer ações que viabilizem a melhoria da qualidade de ensino, respeitando os desejos e anseios daquele povo.

O gerente do NEI, professor Aldiere Orlando, juntamente com os pedagogos do Núcleo, João Muniz e Ivone Guidão, foram os mediadores do projeto e, durante os quatro dias, realizaram a oficina na sala da própria instituição.

Os professores indígenas apresentaram seus trabalhos, inscritos em cartolinas. Foram divididos em grupo de seis componentes. Alunos, lideranças e comunidade indígena participaram da oficina.

Para o professor Makaratu Wajãpi, o projeto foi essencial porque mexeu com toda a comunidade. "É uma pena que não tivemos quase a participação dos caciques, pois é fundamental a presença deles para que compreendam a importância do projeto escolar para nossos filhos", ressaltou Makaratu.

Uma solicitação feita por todos os grupos foi a necessidade permanente de um pedagogo, para acompanhar os trabalhos educacionais nas áreas indígenas.

"Nós ficamos esquecidos durante 8 anos, mas gostaríamos que a Secretaria de Educação mandasse, pelo menos uma vez por mês, um pedagogo para acompanhar os nossos trabalhos de caderneta e avaliação, porque nós temos muitas dificuldades em preencher", disse o diretor e professor indígena, Kaetona Wajãpi.

A professora Ivone Guidão falou que o objetivo foi alcançado por meio da oficina apresentada. "Nós conseguimos alcançar nosso alvo, pois o que queríamos era justamente que eles falassem e escrevessem suas necessidades", disse a pedagoga.

Todas as reivindicações e propostas apresentadas foram colhidas pelo NEI e serão analisadas para que, no início de 2012, a comunidade possa ter um melhor acompanhamento.

Jackson Martins/Seed

Cadastre-se para receber o Boletim Eletrônico
Nome
E-mail
Assessorias
Secretaria de Estado da Comunicação