Novembro Azul
Notas
14/08/2012 às 07:11
Nota Seed
Da Redação
Agência Amapá
A-A+ Tamanho da Letra

Os mais de 3.600 servidores das Caixas Escolares das 423 escolas estaduais estão com o pagamento do mês de julho atrasado devido a não autorização da Assembleia Legislativa para o governo do Estado remanejar 5% do orçamento. A mesma autorizou apenas 2,93%, porém, vinculou o percentual ao pagamento do piso salarial dos professores. Atualmente, o Governo do Amapá tem financeiro, mas não tem orçamento para pagar os colaboradores das Caixas Escolares.

O governador Camilo Capiberibe vetou o projeto que autorizava apenas 2,93%, mas a Assembleia Legislativa derrubou o veto na manhã desta segunda-feira, 13. Com isso, a Procuradoria Geral do Estado (PGE) irá entrar na Justiça com uma Ação de Inconstitucionalidade, mas enquanto a decisão judicial não sair, os trabalhadores das Caixas Escolares ficam ameaçados de não receberem seus salários.

Cadastre-se para receber o Boletim Eletrônico
Nome
E-mail
Assessorias
Secretaria de Estado da Comunicação